Buscar Artigo:
ÁREA: ARTIGOS
Publicado por Administrador
Odontologia - Auto-exame bucal

Para mantermos a nossa saúde bucal, é importante que além de escovar os dentes, observemos com atenção todos os tecidos bucais.

A seguir apresentamos os passos que devem ser realizados para o auto-exame bucal.

O primeiro passo para começar o exame é o de lavar bem as mãos, e em seguida procurar um espelho e um local bem iluminado. Retire as próteses e com a boca bem limpa, comece o exame.

1.      Em frente a um espelho, observe se o seu rosto e o pescoço estão com os dois lados do mesmo tamanho.

dsc_0013.jpg

2.      Com os dedos indicador e polegar afaste totalmente o seu lábio inferior para frente e para baixo, como mostra a fotografia, faça uma massagem e perceba alguns pequenos pontos. Se secar bem o lábio verificará que em poucos segundos aparecerão algumas gotículas de saliva. Isso é normal, e estes pontos não deverão estar inchados nem endurecidos. Faça o mesmo movimento para o lábio superior.

dsc_0001.jpg

3.      Coloque a sua língua para fora e, no espelho, note se está muito esbranquiçada ou avermelhada, se tem rachaduras ou algum machucado e sinta, com as mãos, se algum local da língua dói mais que outros quando você passa o dedo, ou mesmo quando escova os dentes. O normal da língua é apresentar-se levemente aveludada.

4.      Levante a sua língua colocando-a no palato (céu da boca) e observe a sua parte inferior. Ainda com a língua levantada incline a cabeça um pouco para frente e olhe embaixo da língua;

dsc_0012.jpg

5.      Introduza o dedo indicador por baixo da língua e o polegar da mesma mão por baixo do queixo e procure palpar todo o assoalho da boca.

dsc_0003.jpg

6.      Observe a língua, virando-a para os dois lados, veja se não tem nenhum machucado nesta parte lateral. Esse exame é muito importante.

dsc_0008.jpg

dsc_0009.jpg

7.       Agora afaste a bochecha com os dedos e observe-a pelo lado de dentro;

dsc_0005.jpg

8.      Com a cabeça levemente inclinada para trás observe o palato (céu da boca). Note se não apresenta nenhum aumento de volume.

dsc_0015.jpg

9.      Examine a sua garganta, um modo fácil de vizualizá-la é dizer: “Ah” em frente ao espelho;

dsc_0010.jpg

10.      Com a ponta do dedo indicador, percorra toda a gengiva superior e inferior.

Em todos estes passos, não se esqueça de olhar se há alguma anormalidade como:

  • Mudança de coloração;
  • Áreas irritadas debaixo de próteses (dentaduras, pontes móveis);
  • Feridas que não cicatrizam em 15 dias;
  • Dentes fraturados ou amolecidos;
  • Algum caroço ou endurecimento.

O auto-exame deve ser feito pelo menos 1 vez por semana, mesmo que você não suspeite de qualquer anormalidade na boca. Desta forma você poderá notar quando algo estiver diferente do normal.

Mesmo assim, não deixe de freqüentar o seu dentista regularmente! Principalmente se encontrar qualquer alteração não vista antes.

Não tenha medo, todas as alterações quando diagnosticadas no início são passíveis de tratamento.

Copyright©1996-2014- ACEF S/A - Todos os direitos reservados